quinta-feira, 16 de novembro de 2017

Dia Mundial da Filosofia



Retórica e persuasão



SÓCRATES: Afirmas que és capaz de ensinar a retórica a quem a quiser aprender contigo?
GÓRGIAS: Afirmo.
SÓCRATES: De tal modo que essa pessoa fique em condições de ganhar o assentimento de uma assembleia sobre qualquer assunto, sem a instruir recorrendo apenas à persuasão?

domingo, 1 de outubro de 2017

Lógica e argumentação


Lewis Hine

Validade e verdade
Consequência lógica

A argumentação é um instrumento sem o qual não podemos compreender melhor o mundo nem intervir nele de modo a alcançar os nossos objetivos; não podemos sequer determinar com rigor quais serão os melhores objetivos a ter em mente.

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Bem-vindos à Filosofia (2017-2018)



Bom ano letivo para todos!

Bem-vindo à Filosofia. Para alguns de vocês, será a disciplina mais prática que irão estudar na escola.
Porquê dizer tal coisa? Não tem a filosofia a reputação de não ser prática? Não é abstrata e teórica – precisamente o oposto de prático?

domingo, 12 de março de 2017

Orientações 4º Teste Filosofia 11



Matriz/ Links

O ceticismo de Hume

O problema da indução - aqui

A realidade do mundo físico em Hume - aqui

A ideia de causalidade



Questões de facto e relação de causalidade - aqui

A ideia de conexão necessária - aqui



A teria da justiça de Jonh Rawls



A teoria da justiça de Rawls (textos/ links/ fichas) - aqui

O princípio do dano



O princípio do dano (texto/síntese) - aqui

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

O Utilitarismo de Mill


O princípio da maior felicidade  (texto/ esquema-síntese/ questões)- aqui


O hedonismo qualitativo de Mill (texto/ esquema-síntese)- aqui


Críticas ao utilitarismo (texto/ esquema-síntese)aqui


 Princípios secundários (texto/ esquema-síntese)aqui


O utilitarismo é um tipo de consequencialismo (texto)aqui


O utilitarismo - uma ética consequencialista (texto)aqui 

Princípios empiristas em Hume




Impressões e ideias (texto/esquema-síntese/questões) - aqui

Relações de ideias e questões de facto (texto/esquema -síntese/ questões) - aqui


domingo, 22 de janeiro de 2017

Que normas morais deveremos aceitar?

Duas vidas valem mais que uma? - aqui

Dilema de Trolley - aqui

Fazer a coisa certa - aqui

O círculo cartesiano

Resultado de imagem para circulo cartesiano

O círculo cartesiano - aqui

O círculo cartesiano segundo Descartes - aqui

Crítica ao argumento ontológico  - aqui


A realidade do mundo físico



A realidade do mundo físico - aqui

A mente e o corpo - aqui

A existência de Deus

A existência de Deus - aqui

O papel de Deus no sistema cartesiano - aqui

Da dúvida ao cogito



Da dúvida ao cogito - aqui

O critério da clareza e distinção - aqui

segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

O problema da subjetividade/relatividade ou objetividade dos valores



O problema da subjetividade/relatividade ou objetividade dos valores  - aqui

O relativismo cultural - aqui

Objeções ao relativismo cultural - aqui

Críticas ao relativismo cultural - aqui 

O relativismo cultural - consequências - aqui

Subjetivismo - aqui

Objeções ao subjetivismo - aqui

Poderão existir verdades objetivas em ética? - aqui


domingo, 8 de janeiro de 2017

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Tipos de conhecimento

Imagem relacionada

Tipos de conhecimento - aqui

Objeçõs ao subjetivismo moral

Resultado de imagem para Edward Hopper paintings
Edward Hooper

O subjetivismo pode parecer-te uma boa teoria sobre os juízos éticos, sobretudo se já tiveste a impressão, no meio de uma discussão acalorada sobre um tema moral controverso, que só existem opiniões pessoais diferentes no que respeita ao certo e ao errado, ao bem e ao mal.

O Subjetivismo Moral


flickr-4319761254-hd
Edward Hooper

O subjetivismo moral é a teoria segundo a qual, embora existam factos morais, estes não são objetivos. As afirmações acerca do bem e do mal, do que é certo e errado, embora sejam proposições genuínas, são subjetivas: são verdadeiras ou falsas, mas não o são independentemente dos sujeitos que as fazem.

Factos e valores


Edward Hooper

Juízos de facto e juízos de valor - aqui

Os valores orientam a nossa vida e influenciam as nossas decisões, determinando o que pensamos acerca do que é melhor ou pior. Muitas vezes ouvimos as pessoas fazer afirmações acerca dos valores que aceitam.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...