sábado, 7 de maio de 2011

O problema da definição de arte

Veemeer, A Leiteira  (1688)


Munch, O Grito (1893)


Kandinsky, Amarelo, Vermelho, Azul (1925)


Em que consiste o problema da definição da arte?
Quais as teorias,  onde cada uma destas obras se pode integrar, que respondem a este problema?

14 comentários:

  1. O assunto problemático nesta situação é saber o que realmente é arte, o que é necessário para considerar algo artístico, no fim de tudo o que realmente distingue os objectos artísticos dos outros.

    Para resolver este problema temos à nossa disposição três teorias sendo elas a teoria da imitação, teoria da expressão e por fim a teoria formativa.

    A primeira teoria (teoria da imitação), sendo esta uma das mais antigas, apenas considera uma obra arte se por sua vez for produzida pelas mãos humanas como objectivo imitar nas suas obras a imagem da natureza ou ainda da acção. Esta teoria na verdade não é muito apoiada nos dias de hoje por ter muitas objecções por exemplo, se uma obra de arte apenas o é se imitar a nossa realidade, sendo assim não poderia haver obras que não tivessem o objectivo de imitar algo e por sua vez como poderíamos considerar a musica e a literatura arte?

    No entanto existe mais teorias, o que nos leva ao expressivíssimo (teoria da expressão) enquanto a teoria anterior considerava a aparência da realidade, será mais importante a expressividade da comunicação que é feita intencionalmente, como objectivo de infringir sentimentos sentidos pelo artista da arte no próprio público que a observa, sendo assim uma arte que não transmita qualquer sentimento não será considerada obra de arte.

    A última teoria (teoria formativa) é a mais utilizada nos nossos tempos modernos, esta considera que uma obra de arte é um objecto que provoca emoções estéticas ou seja tem de ter algo significativamente especial, que se destaque, ter algo de forma significativa é uma característica da estrutura que decorre da relação estabelecida entre as partes que a constituem.

    Estes problemas vêem a demonstrar que o ser humano vem a considerar arte se transforma ao longo dos tempos, no entanto existe arte que é impossível questionar o seu valor estético e estas teorias são exemplares do que deve ser considerado arte.

    Ruben Guerreiro nº 25

    ResponderEliminar
  2. O problema da definição da arte consiste em saber o que distingue os objectos artísticos dos outros objectos. Para tal, existem três teorias, das quais, a teoria da arte como imitação, a teoria da arte como expressão e a teoria da arte como forma significante, que procuram responder à questão problema, ou seja, a questão da natureza da arte.

    A teoria da arte como imitação é uma das mais antigas teorias da arte. Segundo esta teoria uma obra de arte só é arte se for uma imitação de algo que é produzido pelo homem. Esta teoria é baseada em imitações do real, como paisagens, pessoas, objectos, etc. Esta teoria permite-nos distinguir as obras de arte más e boas, pois quanto melhor se aproximar da imitação do objecto em causa, melhor será.

    Na teoria da arte como expressão, uma obra só é arte se exprimir intencionalmente os sentimentos e/ou emoções vividos pelo artista provocando nos apreciadores os mesmos sentimentos. Neste caso, o critério valorativo para esta teoria é quanto melhor o artista exprimir os seus sentimentos e/ou emoções melhor será a sua obra de arte.

    Por último, a teoria da arte como forma significante, nesta teoria uma obra só é arte se provocar nas pessoas emoções estéticas. Para que essas emoções se produzam, a obra de arte tem de conter alguma característica pessoal, que é a forma significante. A forma significante é uma característica da estrutura da obra que decorre da relação estabelecida entre as partes que a constituem.

    A teoria da imitação centra-se nos objectos que são representados, a teoria da expressão centra-se no artista e a teoria formalista parte do sujeito sensível que aprecia a obra.


    Alexandra Almeida

    ResponderEliminar
  3. O problema da definição da arte consiste em saber o que distingue os objectos artísticos dos outros objectos.
    Existem três teorias que procuram responder a tal problema (questão da natureza da arte)
    *Teoria da arte como imitação;
    *Teoria da arte como expressão;
    *Teoria da arte como forma significante

    A teoria da arte como imitação é uma das mais antigas teorias da arte. Segundo esta teoria uma obra de arte só é arte se for uma imitação de algo que é produzido pelo homem. Esta teoria é baseada em imitações do real, como paisagens, pessoas, objectos, etc. Esta teoria permite-nos distinguir as obras de arte más e boas, pois quanto melhor se aproximar da imitação do objecto em causa, melhor será.

    Na teoria da arte como expressão, uma obra só é arte se exprimir intencionalmente os sentimentos e/ou emoções vividos pelo artista provocando nos apreciadores os mesmos sentimentos. Neste caso, o critério valorativo para esta teoria é quanto melhor o artista exprimir os seus sentimentos e/ou emoções melhor será a sua obra de arte.

    Por último, a teoria da arte como forma significante, nesta teoria uma obra só é arte se provocar nas pessoas emoções estéticas. Para que essas emoções se produzam, a obra de arte tem de conter alguma característica pessoal, que é a forma significante. A forma significante é uma característica da estrutura da obra que decorre da relação estabelecida entre as partes que a constituem.

    A teoria da imitação centra-se nos objectos que são representados, a teoria da expressão centra-se no artista e a teoria formalista parte do sujeito sensível que aprecia a obra.

    ResponderEliminar
  4. O primeiro problema que qualquer teoria da arte tem de enfrentar é o problema da própria definição de «arte» ou de «obra de arte».
    O problema da definição de arte procura responder: o que distingue os "objectos artísticos" dos "objectos comuns".
    Existem três teorias que o procuram soluccionar:
    - teoria da arte como imitação;
    - teoria da arte como expressão;
    - teroia da arte como forma.

    ResponderEliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  6. O problema que a teoria de arte tem de enfrentar é o problema da definição de "arte" ou de "obra de arte", a este problema vai juntar-se outro, o problema da definição de arte, que consiste em responder o que distingue objectos artísticos dos objectos do nosso dia-a-dia.
    Em filosofia qualquer problema necessita de procurar um fundamento, uma resposta e para este problema surgiram três teorias:
    -Teoria da arte como imitação (imitação); Teoria da arte como expressão (expressão) e teoria da arte como forma (formalista).
    Teorias onde cada uma das obras se pode integrar:
    - Veemeer, A Leiteira (1688) – Teoria da arte como imitação.
    - Munch, O Grito (1893) – Teoria da arte como expressão.
    - Kandinsky, Amarelo, Vermelho, Azul (1925) – Teoria da arte como forma.

    ResponderEliminar
  7. O problema da definicão da arte é saber se um determinado objecto é considerado arte ou não. Este problema procura diferenciar os objectos comuns dos artísticos.
    As três teorias que procuram responder a este problema são:

    -> A teoria da arte como imitação:
    Segundo esta teoria apenas as obras que procuram representar o real são consideradas arte.

    -> A teoria da arte como expressão:
    Esta teoria diz-nos que uma obra apenas é considerada arte se tiver como função transmitir um determidaddo sentimento/emoção ao observador.

    -> A teoria da arte como forma significante(formalista):
    Esta teoria apenas considera arte a obra que intencionalmente tem como função transmitir emoções esteticas, contento uma caracteristica pessoal do autor.

    Nas obras apresentadas acima, aquelas que melhor que enquadram em cada teoria são:

    -> Veemeer, A Leiteira (1688) – Teoria da arte como imitação;

    -> Munch, O Grito (1893) – Teoria da arte como expressão;

    -> Kandinsky, Amarelo, Vermelho, Azul (1925) – Teoria da arte como forma significante.

    César Fontinha

    ResponderEliminar
  8. O problema da definição da arte consiste em saber: O que é a arte?, Qual a sua natureza? E principalmente o que distingue os objectos artísticos dos outros?
    Há este problema são apresentadas como resposta três teorias:
    1. Teoria da imitação;
    2. Teoria da expressão;
    3. Teoria Formalista.
    A teoria da imitação/ Arte como imitação é uma das teorias mais antigas que afirma:”Uma obra é arte quando é produzida pelo ser humano como imitação da natureza e da acção” como por exemplo a obra: “Veemeer, A Leiteira”
    A teoria da expressão/ Arte como expressão: Para o expressionismo uma obra é arte quando expressa e comunica intencionalmente um sentimento vivido pelo artista e quando provoca ao publico esse mesmo sentimento. Como por exemplo a obra:” Munch, O Grito”
    A teoria formalista/ Arte como forma significante: Segundo o formalismo uma obra de arte é um objecto que provoca emoções estéticas no seu público. Como por exemplo a obra:” Kandinsky, Amarelo, Vermelho, Azul”

    ResponderEliminar
  9. O problema da definição de arte consiste em saber principalmente duas coisa:
    1º O que é arte ?
    2º O que distingue os objectos artísticos dos outros ?
    Para responder a estas questões temos 3 teorias:
    - Teoria da arte como imitação -> Apenas é considerada arte o que representa a realidade.
    - Teoria da arte como expressão -> Apenas é considerado arte quando expressão e comunica intensionalmente um sentimento vivido pelo artista e quando provoca no publico esse mesmo sentimento.
    - Teoria da arte como forma significante -> Para produzir uma emoção estética a obra de arte tem de ter a forma significante (é uma característica da estrutura da obra que decorre da relação estabelecida entre as partes que a consistem).

    ResponderEliminar
  10. A estética analisa a experiência estética, em geral, discutindo problemas relativos á beleza (teoria do belo); ao gosto (teoria do gosto) e á natureza da arte (filosofia de arte).

    Sobre este último assunto existe o problema da natureza da arte que pretende responder às perguntas: o que é a arte? O que distingue os objectos artísticos dos outros objectos?

    Para responder a esse problema são expostas três teorias: a teoria da arte como imitação; a teoria da arte como expressão; e a teoria da arte como forma significante.

    Como já referido, a teoria da arte como imitação é uma das teorias mais antigas. Esta afirma que um objecto pode ser considerado uma obra de arte quando este é produzido pelo ser humano e imita a natureza e a acção, ou seja, é considerado uma obra de arte consoante a sua proximidade com o objecto imitado.

    A teoria da arte como imitação é defendida por Aristóteles e um quadro onde esta teoria se enquadra é por exemplo "O astrónomo" (1668) de Veemeer.

    Existem várias oposições a esta teoria, visto que, por exemplo, uma pintura abstracta, uma composição musical ou uma literatura, não poderiam ser consideradas arte.

    A arte como expressão afirma que é uma obra quando o artista comunica intencionalmente um sentimento e que este é igualmente sentido pelo público.

    Esta teoria é defendida por Tolstoi. E quadros onde esta teoria do expressivismo se enquadra são por exemplo os quadros de Munch como “A menina doente”.

    Uma oposição a esta teoria é revelada se, por exemplo, o artista não tiver intenção de transmitir nada.

    Existe ainda a teoria da arte como forma significante. A forma significante é uma característica especial da estrutura da obra de arte, necessária para existir a produção de emoções estéticas, ou seja, o poder para produzir uma emoção estética é inerente à forma significante.

    Esta teoria é defendida por Bell e um exemplo é o Der Blaue Reiter (1911-1914)de Wassily Kandinsky.

    Raquel Morgado

    ResponderEliminar
  11. O problema da arte consiste em saber o que faz com que um objecto artístico seja diferente dos outros, o que os distingue dos objectos "regulares" ? Para tentar responder a esta pergunta, apresentaram-se 3 teorias com ideias bastantes distintas:

    -A teoria da arte como imitação - Esta diz que algo é arte quando imita, daí o seu nome, a natureza, a realidade, tendo especial atenção para os detalhes, e quanto mais próximo da realidade, mais obra de arte é, se se pode assim dizer.

    -A teoria da arte como expressão - O artista transmite intencionalmente um ou mais sentimentos nas suas obras e os sujeitos que contemplam tais obras são capazes de sentir esses sentimentos.

    -A teoria da arte como forma ou formalista- Diz que um objecto é considerado obra de arte quando provoca emoções estéticas naqueles que observam tal obra. Essa provocação de sentimentos no público só é possível se a obra conter uma ou mais características do autor, sendo essa característica denominada a "forma significante".

    ResponderEliminar
  12. O problema da definição da arte consiste em responder às questões "O que é a arte?" e "O que distingue os objectos artísticos dos outros objectos?". Para responder a estas questões existem três teorias:
    -Teoria da arte como imitação;
    -Teoria da arte como expressão;
    -Teoria da arte como forma significante.

    A teoria da arte como imitação é uma das teorias mais antigas e afirma que uma obra é arte quando é produzida pelo ser humano como imitação da natureza e da acção.Esta teoria é defendida por Aristóteles.

    A teoria da arte como expressão afirma que uma obra é arte quando expressa intencionalmente um sentimento vivido pelo artista e quando suscita esse mesmo sentimento no público. Esta teoria é defendida por Tolstoi.

    A teoria da arte como forma significante afirma que uma obra de arte é um objecto que provoca emoções estéticas no público. Esta teoria é defendida por Bell.

    Arte como imitação- Veemeer, A Leiteira (1688)
    Arte como expressão- Munch, O Grito (1893)
    Arte como forma significante- Kandinsky, Amarelo, Vermelho, Azul (1925)

    ResponderEliminar
  13. O problema da definição da arte é exactamente o que arte podemos intitular. O problema consiste em como podemos argumentar quando chama-mos a um objecto arte. As teorias que respondem a este problema são:
    - Teoria da arte como imitação
    - Teoria da arte como expressão
    - Teoria da arte como forma significante
    - Bruno Alves

    ResponderEliminar
  14. O problema da definição da arte é saber o que diferencia uma obra de arte de um objecto normal.
    As teorias que justificam este problema sao:
    -Teoria da arte como imitaçao.
    -Teoria da arte como expressao.
    -Teoria da arte como forma significante.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...