quarta-feira, 25 de abril de 2018

A perspetiva de Popper sobre o desenvolvimento da ciência


http://s2.glbimg.com/qbNDKLk70awyKPo-TtKsyE5hXSk=/620x465/s.glbimg.com/jo/g1/f/original/2016/03/16/incendionasa.jpg

A EVOLUÇÃO DA CIÊNCIA SEGUNDO POPPER - AQUI
A PERSPETIVA DE POPPER SOBRE O DESENVOLVIMENTO DA CIÊNCIA - AQUI


O cientista individual pode desejar estabelecer a sua teoria em vez de refutá-la. Mas, do ponto de vista do progresso da ciência, esse desejo pode induzi-lo seriamente em erro. Mais ainda, se não examinar a sua teoria preferida de modo crítico, outros o farão por ele. 

Os únicos resultados que serão considerados por estes como apoiando a teoria será a incapacidade de tentativas que visão refutá-la – incapacidade de encontrar contraexemplos nos casos em que estes seriam mais esperados, à luz das melhores teorias em competição. Assim, não é criar um grande obstáculo à ciência se o cientista individual pender para uma teoria que lhe é particularmente cara.

Popper, "A racionalidade das revoluções científicas", in O Mito do Contexto

Perspetiva de Popper sobre o desenvolvimento da ciência

Problemas/ teorias/ críticas

-        A ciência começa por problemas
-        Os cientistas propõem teorias (conjecturas/ hipóteses)
-        Os cientistas submetem as teorias a testes lógicos e empíricos (crítica)

A Ciência progride à medida em que os testes mostram falhas na teoria → são propostas teorias que resistem a esses testes→ as novas teorias preservam o que há de correto nas teorias precedentes, mas são mais precisas e completas


Progresso científico/ aproximação à verdade

-        Eliminação crítica do erro
-        As teorias são sujeitas a testes cada vez mais rigorosos/ severos → as piores teorias são eliminadas e as melhores sobrevivem
-        As melhores teorias disponíveis vão sendo modificadas ou substituídas por outras (mais informativas e resistentes) →
-        → Progressão da ciência em direção à verdade


Objetividade e racionalidade científica

-        Objetividade científica → as teorias são selecionadas em função de critérios objectivos → o desempenho face a testes severos → critério objetivo (justifica a preferência de uma teoria relativamente a outra)

-        Racionalidade Científica → condição necessária da objectividade científica → argumentos usados na discussão racional das teorias → resultados dos testes → método científico (face a problemas, são propostas teorias (ousadas), criticadas e aceites provisoriamente se resistirem à crítica)

adaptação Cogito

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...