Questões de revisão





A Teoria da Justiça de Rawls
Ficha - Questões



I- Selecione a opção correta:
1- Segundo Rawls a situação original é…
A-      uma situação real onde são escolhidos os princípios de justiça.
B-      uma situação real que garante o maior bem-estar geral.
C-      uma situação hipotética inicial de igualdade e imparcialidade.
D-      uma situação hipotética que garante o bem-estar-geral.
2- Na teoria de John Rawls, o conceito de «véu de ignorância» …      
A-      permite conceber o estado natural do homem antes da sociedade.
B-      significa que os cidadãos estão cobertos de preconceitos.
C-      significa a posição original na história humana.
D-      permite conceber cidadãos capazes de julgar imparcialmente.
3- Segundo Rawls o véu de ignorância designa…
A-      o desconhecimento do que é um bem social.
B-      o desconhecimento dos interesses e objetivos particulares.
C-      as condições iniciais de igualdade.
D-      as circunstâncias em que o contrato seria celebrado.
4- Segundo Rawls, uma sociedade justa admite a desigualdade económica…
A-      porque os mais aptos devem ter mais rendimentos do que os outros.
B-      porque a sociedade justa não visa a igualdade.
C-      desde que traga benefícios para os mais desfavorecidos.
D-      desde que esteja de acordo com os interesses e objetivos das pessoas.
5- A teoria da justiça de Rawls não é utilitarista porque…
A-      o bem-estar geral pode implicar alguns vivam numa situação miserável.
B-      a sua teoria não valoriza o bem-estar.
C-      a justa distribuição da riqueza não contribui para o bem-estar geral.
D-      a desigual distribuição da riqueza não deve ser instrumental.
6- O princípio da oportunidade justa afirma que nenhuma desigualdade é aceitável se…
A-      resultar de uns terem acesso às oportunidades que outros têm.
B-      não houver bem-estar social.
C-      existirem desigualdades no acesso à riqueza.
D-      não garantir a justiça social.



 II- Responda às seguintes questões:
1.       O que é a posição original?
2.       O que pretende Rawls com a imagem do véu de ignorância?
3.       Imagine os seguintes padrões de distribuição de bens primários em sociedades de 5 pessoas.
     Sociedade A - 1, 9, 10, 12, 2 (Total = 34)
     Sociedade B – 4, 4, 4, 4, 4, (Total = 20)
     Sociedade C- 6, 7, 6, 7, 6 (Total = 32)

3.1. Na posição original, com o véu de ignorância e seguindo a regra maximin, em que sociedade as partes contratantes escolheriam viver? Justifique.

3.2. Qual seria a sociedade mais justa, de acordo com o princípio utilitarista? Justifique.
4.       Leia o seguinte texto:

De acordo com Rawls, ninguém deve beneficiar de forma exclusiva dos seus talentos naturais, mas não é injusto permitir tais benefícios se eles trazem vantagens para aqueles que a “lotaria” natural não favoreceu. E deste modo justificamos o princípio da diferença. Concluindo, a noção dominante de igualdade de oportunidades parte da intuição de que o destino de cada pessoa deve ser determinado pelas suas escolhas, e não pelas suas circunstâncias; mas esta mesma intuição consistentemente considerada obriga a que aquela noção passe a incluir as desigualdades naturais. O que daí resulta é precisamente o princípio da diferença. Como ninguém parece querer abdicar do pressuposto da igualdade moral entre todas as pessoas, Rawls defende que o princípio que melhor dá conta desse pressuposto é o princípio da diferença.   

                                                       Faustino Vaz, A Teoria da Justiça de John Rawls        
                           
4.1. Em que consiste o princípio da diferença? 
4.2. Explique a crítica de Nozick ao princípio da diferença de Rawls.
4.3. Por que razão, segundo Sandel,  o véu de ignorância não funciona?

Sem comentários:

Publicar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...