domingo, 10 de março de 2013

Imperativo categórico e imperativo hipotético





“Todos os imperativos ordenam ou hipotética ou categoricamente. Os hipotéticos representam a necessidade prática de uma ação possível como meio de alcançar qualquer coisa que se quer ou que é possível que se queira. O imperativo categórico é aquele que nos representa uma ação como ojetivamente necessária por si mesma, sem relação com qualquer outra finalidade. No caso da ação ser apenas boa como meio para qualquer outra coisa, o imperativo que ordena é hipotético; se a ação é boa em si, então o imperativo é categórico”
                                                                          Kant, Fundamentação da Metafísica dos Costumes


- Distinga imperativo categórico de imperativo hipotético.
- Apresente um exemplo de imperativo categórico e de imperativo hipotético.


Imperativo Categórico
Imperativo Hipotético
-   Ordena que uma ação seja realizada pelo seu valor intrínseco.
-      Ordena que se cumpra o dever sempre por dever, ou seja, ordena que a vontade cumpra o dever exclusivamente motivada pelo que é correcto fazer.
-    Ordena que se aja por dever.
-   Ordena que sejamos imparciais e desinteressados, agindo segundo máximas que todos podem adotar.
-    Ordena que respeitemos o valor absoluto de cada ser racional nunca o reduzindo à condição de meio que nos é útil.
-         O cumprimento do dever é uma ordem condicionada pelo que de satisfatório ou proveitoso pode resultar do seu cumprimento.
-         As ações que nele se baseiam são ações conformes ao dever, feitas a pensar nas consequências ou resultados de fazer o que é devido.
-         As ações que cumprem o dever baseadas em interesses seguem máximas que não podem ser universalizadas.
-         As ações conformes ao dever não respeitam absolutamente o que somos enquanto seres humanos

10º B
11ºA (revisão para o teste intermédio)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...